27 de Outubro de 2010

 

Beija Flor

meu amor

Canta para mim

algo assim

como uma brisa.

 

Beija Flor

meu adorado

meu sonho encantado

arco iris em cor.

 

Beija Flor

acompanha-me sempre

sê meu de entre

todos os beijos de amor.

 

Beija Flor

publicado por luzesletrasimagem às 15:11

26 de Outubro de 2010
Good Morning... to all
Pois é, estive de férias uma semanita. Que já se foi... nem sei como.
Como não tive "bolinhas" para andar, e aproveito para dar conta de 650 mocadas que apanhei por ter uma peça avariada, fiquei em casa, a pastar e a ver algumas coisas que temos gravado no MEO.
Assim, uma noite, vimos um "filme de culto" que já tenho estado para ver nem sei há quanto tempo.
Good Morning Vietnam... Já sei, já sei. É um filme que já deveria ter visto, por ser um clássico, mas a disponibilidade é sempre pouca e a disposição também. Mas o filme é muito bom mesmo e, ao contrário do que se pensa, não é um dramalhão daqueles que temos de ter uma caixa de Kleenex à mão para assoar o ranho. É um filme que critica os EUA na sua conduta, mas que nos dá um outro prisma da guerra do Vietnam.
Gostei imenso, mesmo porque Robin Williams é um génio da lâmpada, que quando se acende na tela, tudo brilha...
Fica a dica...
publicado por luzesletrasimagem às 12:11

13 de Outubro de 2010

Em pulgas é como estou após saber que está em cena a peça de teatro "Vamos contar mentiras". Para além de estarmos mal financeiramente, acho que o país tem falta de algo assim, que nos faça esquecer um pouco os problemas. E, não há nada como uma reencenação de uma peça que fez tanto sucesso com dois grandes actores que infelizmente já não estão entre nós: Raul Solnado e Armando Cortez.

 

Aqui fica a sinopse da peça, que retirei do jornal Correio da Manhã de hoje:

Em nome de Solnado e de Cortez

Uma mentirosa compulsiva, o seu marido compreensivo e o amigo deste – um engatatão (quase) profissional – são os protagonistas da divertida (e louca) comédia de enganos ‘Vamos Contar Mentiras’, na qual Armando Cortez e Raul Solnado tiveram êxito por duas vezes nas suas carreiras.

A primeira em 1963, ao lado de Florbela Queirós, a segunda na década de 70, com Maria do Céu Guerra. Ambas as versões foram registadas para a posteridade, mas agora há uma nova forma de recordar o grande sucesso do teatro nacional: ao vivo.

Marina Albuquerque, Octávio de Matos e Luís Aleluia juntaram--se e apresentaram anteontem, no Teatro Armando Cortez (Casa do Artista), em Carnide, uma nova versão desta comédia, aproveitando o ensejo para homenagear os dois actores que a tornaram popular. Em representação dos homenageados, aplaudiram, na plateia, Manuela Maria, viúva de Armando Cortez, e Renato Solnado, filho de Raul Solnado. A primeira guarda boas memórias dos tempos em que a peça fazia furor nos palcos.

"O espectáculo esteve dois anos consecutivos em cena e acredito que este pode ter o mesmo impacto junto do público", disse ao CM. "Eu, pelo menos, estou a divertir--me imenso e acho que as pessoas lhe vão aderir facilmente."

 

 

Este é o website de onde podem retirar mais informações e saber se a peça vai estar em cena na sua cidade: http://www.c2e.pt./ 

 

Marina Albuquerque e Rosete Caixinha são duas actrizes que fazem parte do elenco.

 

Eu vou espiando e quando souber se e quando vem para Faro, irei postar aqui a data.

Feliz, pelo menos por esta pequena dádiva...

 

 

publicado por luzesletrasimagem às 09:54

12 de Outubro de 2010

Hoje tenho o coração

como um veleiro negro

que navega nos mares da tristeza.

As velas agarram o vento norte,

frio e insolente.

Bate a neblina

como um céu turvo

e triste.

 

Mas, no fim

ao chegar à linha do horizonte,

vejo uma pequena luz

que me guia

até à Eternidade.

 

Uma notícia que me abalou e deixou imensamente triste. Um grande amigo que partiu há já uns dias e só agora o soube.

Ele foi companheiro de escavações, um grande autodidacta, um colega e, acima de tudo, um grande Amigo.

 

Até sempre Peter Carey... ou irmão do Pai Natal

 

publicado por luzesletrasimagem às 11:26

11 de Outubro de 2010

O nosso bem amado país é palco de mais uma grande música de uma cantora que muitos devem conhecer: Dido.

 

Sim, aquela menina que fez dueto com o Eminem ("Stan") escveu uma música que tem como cenário para o videoclip a praia da Nazaré.

 

 

Fiquei surpeendida pela positiva, claro, por ver algo familiar num video estrangeiro, que passa em todos os canais de televisão do mundo.

 

Um breve retrato da vida dos pescadores da Nazaré. Esperemos que lhes seja feita justiça, depois de tudo o que já passaram e perderam.

 

 

publicado por luzesletrasimagem às 15:07

mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
28
29
30

31


arquivos
2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


subscrever feeds
blogs SAPO