22 de Junho de 2011

As manhãs são efémeras e gastam-se com o simples respirar da Terra.

publicado por luzesletrasimagem às 17:12

21 de Junho de 2011

Quente como a tua mão,

que dança e acaricia a pele inerte

sobre a areia quente da praia

que são os teus olhos.

Quente,

quente

como os teus lábios

doces e vermelhos

tal cerejas

sumarentas e doces

no verão do teu corpo.

 

Sentir toda uma estação

apenas estando perto de ti,

apenas respirando o teu ar,

estando em ti,

envolvida na tua pele

no teu encanto

de estação calma, quente

e doce,

com sabor a mar.

 

 Foto minha

 

publicado por luzesletrasimagem às 13:06

17 de Junho de 2011

As rosas prefumam a brisa

matinal,

suspensa no jardim mágico

da casa.

 

Arrasto-me pela caruma fresca

deambulando, sonhando

com aquele despertar

do universo

 

eterno de sabor, cheiro

e sentir.

 

Universo de perfume

num jardim proibido

de frente para o mar.

 

Aquele jardim,

aquela brisa,

aquele perfume

 

a rosas

 

publicado por luzesletrasimagem às 10:39

15 de Junho de 2011

As saudades que eu já tinha de andar agarrada aos livros, fotocopias, tirar apontamentos, etc. E, tive isso tudo apenas num dia.

 

No dia 11 de Junho, na Biblioteca Municipal de Loulé teve lugar o mini curso de Literatura Portuguesa, com o objectivo de dar a conhecer ao público um opuco do que vai saindo no que concerne à poesia e micro ficção.

Eu, pessoalmente, já conhecia o conceito "mico-" dentro do contexto de micr-contos. Porque há unas anitos particpei num concurso de micro-contos de Natal.

 

Quanto ao curso, não tenho palavras para descrever o quanto gostei de participar no mesmo. O que aprendi nas poucas horas, o valor que se reconhece nos novos autores, sem esquecer os "velhotes" é algo que realmente não tem palavras. Claro que os novos autores têm e futuramente terão sempre uma visão diferente, mais futurista, mais liberta dos tradicionalismos literários que condicionavam a literatura portuguesa de anos anteriores, mas o melhor disso mesmo é que esses mesmos autores nunca rompem completamente com os autores anteriores. Há sempre um certo elo de ligação. E, isso, meus senhores é muito importante.

 

A apresentação esteve a cargo de uma pessoa que estimo muito, já desde os tempos da Faculdade. Paulo Pires, da Biblioteca de Silves, em conjunto com a Sónia Pereira, que aliás não conhecia, mas fiquei bastante feliz com a parceria que fez com o Paulo. Acho que fazem uma dupla fenomenal.

 

No fim da apresentação, ambos fizeram uma uma performance que deliciou os mais incrédulos que não acreditam que a Literatura pode trabalhar com as mais variadas actividades, entre elas a massagem.

 

Bem, por fim, aqui ficam as fotos cedidas pela minha amiga Ana. Espero que estas actividades acontecem por muitas mais vezes. Eu estarei sempre presente.

 

Quanto ao Paulo e à Sónia, se passarem por aqui alguma vez, apenas quero desejar mais uma vez, os meus sinceros parabéns e um muito obrigada.

 

Paulo Pires

Sónia Pereira e Paulo Pires

 

publicado por luzesletrasimagem às 13:24

13 de Junho de 2011

Pois é... já estou de volta depois de duas semanitas de férias. Sou uma verdadeira adepta da expressão " vá para fora cá dentro". E, o nosso país tem paisagem, lugares, eventos que nos dão mais do que meia dúzia de razões para ficar por cá.

 

Passando a primeira semana que foi só arrumar e remodelar um pouco a casa, a segunda semana foi para conhecer um pouco do Algarve Litoral.

Passámos pelas praias da Arrifana, Monte Clérigo e Azenha do Mar. Não há palavras para descrever a paisagem, tudo o que rodeia o ambiente daquelas zonas. Parece que ficou o tempo parado e que assim que se entra nas estradas que vão dar às praias, ficamos nós presos, parados no tempo.

 

Depois, para almoçar, fomos até São Marcos. Almoçámos na casa da minha Lapinha. Um almoço formidável. Até o meu menino comeu bem... Para além da companhia que ela nos deu depois na terceira fase da viagem: Pisões e Festival de BD de Beja.

 

Ficam aqui algumas fotos para aguçar o gosto, o engenho e a arte:

 

 

Arrifana

 

 

 

Monte Clérigo

 

 

 

Azenha do Mar

 

 

Pisões

publicado por luzesletrasimagem às 10:10

mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
16
18

19
20
23
24
25

26
27
28
29
30


arquivos
2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


subscrever feeds
blogs SAPO