23 de Agosto de 2012

Poucas coisas fazem o meu coração parar:

amar, querer, desejar, ver, beijar,

sentir as pétalas das flores nos dedos

a brisa nos lábios como um beijo

sentir o perfume da rosa

sentir o calor e a delicia do desejo

de ouvir os pássaros como um poema em prosa.

Banhar a pele numa lagoa

fresca e clareada pelo véu do sol nas folhas.

 

E, por fim, voltar para a cama de linho

e, amar o silêncio, a eternidade

de um beijo.

 

publicado por luzesletrasimagem às 09:40

mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
24
25

26
28
29
30


arquivos
2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


blogs SAPO