31 de Janeiro de 2011

Foi Sábado, às 21h e 45m que a peça de teatro que eu aguardava teve lugar na Fundação Pedro Ruivo, em Faro.

Gostei imenso. Deu para dar umas boas gargalhadas, passar um bom bocado, na companhia de tão bons actores.

 

Já aqui falei da peça "Vamos Contar Mentiras", pelo menos por duas vezes, e aguardava com imensa ansiedade, pois depositei nos meus 30 euritos uma confiança descomunal, uma vez que fazia um frio de rachar. E, sair de casa à noite, em pleno Janeiro, é suicidio...

 

O Auditório é muito bom no que toca a "espaço", já lá tinha ido ver outras peças. Ficámos numa boa fila central, com uma vista muito boa para o palco. Mas, tenho a assinalar apenas o frio que fazia lá dentro. Ligaram o ar condicionado para o frio, ou pelo menos para o quente é que não estava. Não despi o casaco durante a peça LOL.

 

A peça em si foi fantástica. Um cenário bonito, com mobílias modernas, com as cores quentes a predominar. Os actores foram fantásticos. Assim que entraram o Luís Aleluia e o Octávio Matos foi logo para rir. Ainda não tinha tido oportunidade para assistir a uma peça com estes dois actores, apesar do Octávio Matos já ter visto em peças na televisão. Sempre que eles estavam em cena, eram gargalhadas astrás de gargalhadas, sempre boa disposição.

 

A encenação foi de Isabel Damatta, a quem o pai lhe tinha falecido na manhã de Sábado, no dia do espectáculo. Quedas que a vida nos provoca, das quais temos de nos levantar e olhar em frente.

 

Sobre a peça, de negativo não tenho nada a assinalar, apenas tenho a apontar a má educação de pessoas que não se sabem comportar em público. Foi uma vergonha uma senhora que se sentou no banco atrás do meu. O rir da senhora era, simplesmente histérico, intervinha com os actores, falando com eles, mas uma coisa vegonhosa. Acho que se me dissessem que ela estava bêbada eu acreditava porque teve um comportamento deplorável, ou então havia ali falta de qualquer coisa mesmo... Acho que deveriam proibir a entrada da senhora na Fundação pelos próximos 20 ou 30 anos. Enfim. Tirando este à parte, só posso dizer que adorei a peça.

 

Quem ainda conseguir ir ver noutro teatro, vá. Vale apena.

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por luzesletrasimagem às 11:09

28 de Janeiro de 2011

Votos de um bom fim-de-semana!!

 

Vá para fora, cá dentro, se poder...

  

 

 

 

                                     foto minha

publicado por luzesletrasimagem às 11:06

26 de Janeiro de 2011

rumo a Sul

tudo se vê, tudo se julga

é branco, é belo

é perfumado.

apenas beleza sem esconjuro

apenas a Sul

caminhos abertos

de verde e branco

como um dia de neve primaveril.

 a Sul tudo se completa,

tudo promete,

tudo é Vida.

 

Amendoeira Foto minha

publicado por luzesletrasimagem às 16:28

24 de Janeiro de 2011

imagem daqui http://www.onzedias.blogger.com.br/pierrot.jpg

 

 

Meus sonhos se despediram

dizendo adeus, um adeus distante.

não são sonhos comuns

de comuns mortais,

são sonhos acordados

desvanecidos

como uma sonolenta manhã de Inverno.

 

 

Prequiçosamente acordo

na manhã, despedindo-me dos sonhos

mergulhada na penumbra matinal

como se

o próprio levantar das pálpebras

fizesse esmorecer o simples acto de

Acordar.

 

 

Acordo e,

uma lágrima se esboça no meu rosto.

Amanheceu tristemente.

 

 

publicado por luzesletrasimagem às 15:42

19 de Janeiro de 2011

São cores que se desdobram e

onde deito sobre um manto nú

a pela lisa e macia

como um beijo que se dá

e se memoriza a cada instante.

 

Não, não bebemos da fonte,

aquela fonte maldita da juventude.

Apenas uma água fresca

e tranquila, bebida dos teus lábios

quentes e sumarentos.

 

Nem mesmo na Ilha Perdida

onde a frescura tocava os céus,

saberia encontrar tamanhos amores

e paixões, tal qual estrelas cadentes

que iluminam cada escuridão

escondida em cada canto do meu coração.

 

 

 

 

 

 

 

Imagem daqui http://algarvivo.com/arqueo/romano/baou-ponte-romana.jpg

publicado por luzesletrasimagem às 15:10

mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
14
15

16
20
21
22

23
25
27
29

30


arquivos
2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


subscrever feeds
blogs SAPO