19 de Março de 2013

Sou uma perdida por velharias e, quando são livros então a coisa eleva-se ao um nível que atinge a Adoração.

Tenho livros com uns 50 anos, ou a rondar essa bonita idade. A minha sorte é que tenho familares que sabem desta minha paixão por livros escolares antigos e dão-me muitos. Há relativamente pouco tempo, deram-me 3 (Meio Físico e Social, Lígua Portuguesa e História de Portugal), ando com eles pela casa a ler algumas páginas. De noite, quando acabam as arrumações na cozinha, sento-me no sofá com o X e lemos uns poemitas ou textos do de LP (Livro Aberto):

 

foto minha

 

Ele gosta muito do poema da Luísa Ducla Soares, que ele teve o prazer de conhecer ainda há duas semanas na escola, "O Rato Marinheiro". Este livro é de 1975 e foi das minhas últimas aquisições, junto com os que estão na foto.

foto minha

 

Ainda ontem, estava à conversa com a minha amiga Cartas a Si e lembrámo-nos de coisas tão engraçadas que, para muitos, não passam de passado. Mas para nós são memórias doces e saudosas que gostariamos de passar para os mais jovens. Os valores que nos incutiram são e sempre serão bens que nos fazem ser pessoas preparadas para o fututo.

 

fot minha - este como podem ver é de 1968, já tens mais de 40 anitos... Está em muito bom estado e assim será matido. Espero um dia ter a minha biblioteca em casa e poder colocá-los na prateleira, junto do cadeirão para serem tirados sempre que me apetecer e ler ou, siplesmente, folhear.

 

E, para acompanhar, uma chávena de chocolate quente "A Moreninha":

 

F_1

 

F_2

 

F_3

 

Ontem fui à mercearia ao pé de casa, andei a "bisbilhotar" nas prateleiras e encontrei este pacote de chocolate em pó. Lembro-me que esta era uma marca que a minha mãe por vezes tinha em casa e que me permitia, de vez enquando, bebericar.

O sabor não é muito doce e o X gostou por isso mesmo. Sabe a chocolate mas sem ser pesadão. Adorei reviver este "sabor" da minha infância {#emotions_dlg.blueflower}

publicado por luzesletrasimagem às 08:46

Esses livros tinham uma riqueza que não se encontra nos manuais de hoje. Ensinavam-nos um pouco de tudo e até as histórias tinham uma moral no final para nos chamar a atenção e educar de forma mais divertida.
19 de Março de 2013 às 11:56

mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
20
21
23

24
25
26
27
28
29
30

31


arquivos
2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


blogs SAPO